Situação Atual da Produção de Batata no Brasil

A pandemia provocada pelo Covid-19 incentivou a realização de videoconferências. A ABBA – Associação Brasileira da Batata aderiou à ideia e realizou duas edições com objetivo de conhecer a situação atual da produção de batata no Brasil. Em cada dia, a média foi de 70 participantes.

Através de representantes das principais regiões produtoras foram realizadas 13 apresentações das principais regiões localizadas nos Estados da Bahia, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Apesar de serem informações “não oficiais”, os números apresentados podem ser considerados os mais próximos da realidade atual, pois foram fornecidos por profissionais que trabalham e conhecem profundamente a região.

Atualmente cerca de 1.500 produtores plantam batatas em 200 municípios e classificam a produção em 200 “lavadoras”. No Brasil, o plantio e a colheita ocorrem em todos os dias do ano.

A área total de 100.000 hectares anuais, é destinada ao mercado fresco (65%), à indústria de chips (15%), à indústria de pré-fritas (12%) e à batata semente (8%).

As principais variedades plantadas são Ágata (45%), Asterix (15%), Orquestra (13%), Cúpido (7%), Markies (6%), Atlantic e FL (7%).

A variedade Camila da Embrapa, plantada em cerca de 300 hectares, despertou o interesse dos produtores de várias regiões.

A ocorrência dos principais problemas fitossanitários (pragas e doenças) nas regiões produtoras foi assim distribuída: pouca – Murchadeira, Crinivírus, Nematoide Pipoca, Vírus Y, Sarna Prateada, Spongospora e Mosca Branca e Mosca Branca; média – Sarna Comum, Nematoide de Pinta, Fusariose, Rizoctoniose, Traça e Tripes; alta – Canela Preta, Requeima, Pinta Preta, Bicho Mineiro e Larva Alfinete.

Foram considerados comos os principais problemas para produzir batatas, em ordem decrescente – novas áreas para plantar, variedades de melhor aptidão culinária, valor do arrendamento, disponibilidade de água para irrigação, custo de produção e qualidade da batata semente.

Para melhorar a situação da produção de batata no Brasil, as principais sugestões foram: viabilizar o aumento do consumo de batata brasileira e a introdução de novas variedades.

O sucesso ou a sustentabilidade das cadeias da batata em muitos países se deve ao apoio do governo e/ou ao associativismo profissional. Os problemas da Cadeia Brasileira da Batata podem ser solucionados e a sugestão da ABBA é objetiva – basta arrecadar R$ 1,00 por tonelada de batata produzida no Brasil, ou seja, R$ 0,001/kg.

Para ter acesso ao conteúdo completo das apresentações, basta inscrever-se no Canal da ABBA no YouTube, através do link: https://www.youtube.com/channel/UCSlRvAMtNV10DxeDOwS2yAQ

VEJA TAMBÉM

AGRICOLA F/Z – Trabalhando para tirar da terra, o melhor!

Rodovia SP 215-Km 36,Vargem Grande do Sul/SP – 13880-000(19) 3641.1254/3641.5299/3643.2600www.agricolafz.com.br Desde 1993, a união dos produtores rurais Fernando Milan Sartori e José Roberto Rosseto representou uma nova perspectiva para ambos no agronegócio.Com a continuidade...

LER

Sintomatologia de deficiência dos macronutrientes na batateira

Da esquerda para a direita:Quirino Augusto de Camargo Carmeloqacarme@esalq.usp.br – Professor associadoMagnus Dall’Igna Deondeon@esalq.usp.br – Pós-graduandoAntonio Roque Dechenardechen@esalq.usp.br – Professor titularEscola Superior de Agricultura Luiz de QueirozDepto de Ciência do Solo, CP 09, 13418-900(19)...

LER

COMERCIALIZAÇAO DE BATATA FRESCA.

O Super Varejão 03 Irmãos é o principal local de compra de frutas, legumes e verduras da população de Itapetininga – aproximadamente 120 mil habitantes e distante 170 km da cidade de São Paulo.A...

LER

Cultura da batata será dinamizada no departamento de produção vegetal

O engenheiro agrônomo Paulo César Tavares de Melo assumiu recentemente a função de professor de olericultura do Departamento de Produção Vegetal da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, campus...

LER