Desperdício

Há mais ou menos 02 meses (setembro 2004) viajando para Pouso Alegre/MG tivemos a curiosidade de visitar uma pequena e simples instalação localizada às margens da rodovia no município de Congonhal/MG.


No local encontrava-se 04 jovens selecionando 01 caminhão de batatas com aproximadamente 300 sacos (50Kg). As batatas provenientes da região de Vargem Grande do Sul/SP foram descartadas por estarem fora dos padrões normais de comercialização, ou seja, danificadas por insetos, doenças ou graves danos mecânicos. Segundo informações, as batatas estavam sendo cortadas para eliminar as partes danificadas. As partes boas seriam vendidas à indústria de seleta, ou seja, mistura de vegetais que após processamento industrial são normalmente enlatadas e o restante das batatas seriam destinadas às vacas, orcos, galinhas e patos.



Batatas “a selecionar”



Vaca comendo “batatas descartáveis”


Na ocasião 01 saco (50 kg) de batata especial estava sendo vendido de R$ 50,00 R$ 60,00 aos atacadistas, enquanto a batata destinada a indústria de seleta de vegetais vendida a R$ 10,00 tendo custado apenas transporte e a dedicação dos 04 jovens. Esta situação nos leva a descobrir uma alternativas que alguns produtores de batata encontraram para sua subsistência e a concluir que a iniciativa e dedicação daqueles jovens servem como exemplo para evitar desperdício de alimentos no Brasil. Considerando que no Brasil se planta 100.000 ha de batata e se a produtividade média atingir 20 ton/ha a produção e de milhões de toneladas por ano. Esta previsão permite as seguintes conclusões:


-Se o descarte alcançar ate 5% da produção estamos jogando fora 100.000 toneladas, seja, 5.000 ha… mais de 6.500 caminhões toneladas)…


– Se considerarmos o custo de produção médio de R$ 10.000,00 / ha, estamos jogando fora R$ 50.000.000,00…


– Se considerarmos o consumo per capita de 15kg/pessoa/ano, mais de 6,5 milhões pessoas deixaram de comer batatas…



Batatas descartadas

VEJA TAMBÉM

Seção Especial – Ano Internacional da Batata – Saudação à Batata Brasileira

Neste ano em que merecidamente te homenageiam, oh batata, que todos os teus clones sejam venerados, não importa tua idade ou tua origem. Simplesmente serás brasileira se nosso solo aqui te acolhe. Saúde e...

LER

Variedades – Novas Variedades e Proteção: problema ou solução

 Engº Agrônomo Paulo Roberto PoppPP Consultoria Agrícola Ltda., pesquisador e consultor de empresas obtentoras de variedadesrppopp@netpar.com.br     A legislação da proteção de cultivares no Brasil completou 10 anos em 2007. Lamentavelmente, a grande...

LER

DESAFIOS DA PRODUÇÃO DE BATATA ORGÂNICA NO PARANÃ.

Nilceu R.X. de Nazareno – IAPAR, Instituto Agronômico do Paraná. – Pesquisador III, Ãrea de Proteção dePlantas – IAPAR, C.P: 2031; CEP: 80011-970 – Curitiba, PR(41) 551.1036 – nilceu@iapar.br. O Paraná, até cerca de...

LER

Informalidade: O Barato pode sair caro

Igor P. Wildmann é advogado, mestre e doutorando em Direito Econômico, professor da Faculdade de Direito Izabela Hendrix/ BH, conselheiro técnico em crédito rural da FAEMG e consultor jurídico da ABBA. Dentre as atividades...

LER