Batata Show Nº 01
Ano 1 - Maio/2001
 
 

 

 

 

 

 

 

A indústria fala

FRAIZZ - Indústria de Alimentos, Comercial e Importadora S/A Rua Luigi Batistini, 570 - São Bernardo do Campo/SP – CEP: 09842-020 RENATO NORIO - Diretor Industrial RICARDO MOTIO FUKUA - Diretor Comercial

1. Quais os principais problemas que as indústrias nacionais de processamento de batata estão enfrentando atualmente no país?
Fraizz:
O Mercado de batata atualmente se encontra instável, onde os preços são oscilantes, a política de produção pouco desenvolvida para a industrialização de produtos e sub-produtos.

2. Quantas indústrias de processamento de batata existem atualmente no Brasil? E qual o consumo de batata fresca (ton / ano).
Fraizz:
Muitas empresas surgiram no decorrer destes três últimos anos. A capacidade produtiva de muitas empresas está estimada em 4 toneladas/hora, tirando a líder do mercado. Vale salientar que em algumas empresas o ciclo de vida deste produto é muito curto, decorrente aos problemas citados anteriormente.

3. Quais as principais fontes de matériaprima (batata fresca) das indústrias nacionais?
Fraizz:
Produtores que trabalham com matérias primas destinadas para indústria de fritura e atacadistas em geral.

4. Que tipo de batata o Sr. considera ideal para ser industrializada? Quais variedades as indústrias estão utilizando atualmente ?
Fraizz:
Neste mercado tipo chips a batata ideal é Atlantic e Panda, já no mercado de pré-fritas a melhor é binje e quenebec. As indústrias deste segmento contam com pouca variedade, já que as batatas in-natura encontram-se com preços excessivos, que acabam sufocando e desincentivando suas produções.

5. Quais os principais produtos fabricados pelas indústrias brasileiras de processamento de batata?
Que outros produtos, a base de batata, poderiam ser fabricados?
Fraizz:
Atualmente estão sendo fabricadas batatas do tipo chips, palha, batata pré-processada e pré-congelada. Poderiam ser desenvolvidos flocos de batatas, extrusados a base de batata, etc...

6. Considerando a falta de batata fresca nos últimos meses, como as indústrias estão obtendo matéria-prima?
Fraizz:
As indústrias, com exceção a Elma Chips, estão trabalhando no vermelho, comprando batatas com preços elevados, para pelo menos manterem seus clientes.

7. O atual mercado para batata processada é estável, saturado ou ainda apresenta um grande potencial de crescimento?
Fraizz:
Não posso dizer em crescimento no mercado, já que o preço varia tanto, onde não existe nenhuma proteção para o setor industrial, hoje seria utópico falar em investimentos neste setor. Dificilmente um empresário investiria neste ramo alimentício, seria bem mais fácil importar este tipo de produto, por exemplo batata pré congelada.

8. Como tem sido as negociações da indústria de batata com as grandes redes de supermercados?
Fraizz:
As negociações são bastante difíceis, pois as exigências adotadas por parte destas redes, não são condizentes com a realidade das pequenas empresas, que desfavoravelmente não tem a oportunidade de
expor seus produtos.

9. Quais os principais países que estão exportando batata processada para o Brasil? O que as indústrias nacionais estão fazendo para competir com as importações?
Fraizz:
Os principais países de exportação são:Europa, Holanda, Bélgica. Na América, Argentina e Canadá. Fica impossível competir, pois os padrões das batatas importadas são muito superiores às batatas nacionais, além da estabilidade de preços para desenvolvimento das indústrias de base.

10. Qual a possibilidade e necessidade básica do “Segmento Indústria” para uma negociação direta com o “Segmento Produtor”?
Fraizz:
É necessário seriedade, confiança, política de incentivos para desenvolvimento de indústrias, alíquota de ICMS isentas para indústria, pois ela arca com a totalidade da carga tributária.

11. Considerando que o Brasil possue recursos naturais em abundância para produção de batata, assim como um grande número de mercado consumidor, que sugestões o Sr. poderia dar para a melhoria e fortalecimento da Cadeia Brasileira da Batata?
Fraizz:
Profissionalismo, prática de preços diferenciados para indústria com patamares máximos e mínimos de preços, seriedade e competência para gerar mais negócios futuros, para que os empresários voltem a ter
confiança neste setor de batatas, com relação a política de preços praticadas pelo mercado. Que os produtos destinados à indústria não sejam desviados aos setores varejistas, onde ocasionará instabilidade que certamente serão prejudiciais ao futuro e fortalecimento da cadeia brasileira de batata.

Como evitar o escurecimento das batatas fritas?

Se as batatas forem guardadas no refrigerador, parte do amido da batata transforma-se em açúcar. A alta temperatura necessária para a fritura faz com que os açúcares na superfície das batatas fritas escureçam antes de estarem completamente cozidas por dentro. Escaldar as batatas em água quente (90º C) por vários minutos, removem a maior parte dos açúcares e limpa a sua superfície de modo a permitir que elas dourem mais igualmente.

 

 
 
Índice de matérias