» Missão, objetivo e atividades.
» Realizações ABBA
» Diretoria
» Composição
» Eventos ABBA
» Revista Batata Show
» Contato
» Botânica
» Valor Nutricional
» Fitossanidade
» História da Batata
» FAQ - Perguntas e respostas
» Área, produção e produtividade
» Importações de batata semente
» Agroquímicos
» Pesquisa
» Legislações
» Variedades
» Institutos de Pesquisa e Laboratórios
» Preços
» Eventos nacionais
» Área, produção e produtividade
» Organizações
» Pesquisa
» Eventos internacionais
» Galeria de Fotos
» Entretenimento
» Nome x Países
» Piadas de batata
» Mídia da Batata Nacional
» Mídia da Batata Internacional
» ABBA na Mídia
» Anúncios » Currículos



Visite também o Website
Wednesday, October 22, 2014
Home Missão, objetivo e atividades Composição Revista Batata Show Eventos ABBA Contatos


  | Edição19 | Dezembro de 2007 | Ano 7


Manejo de requeima e pinta preta da batateira

 

O professor da Universidade Federal de Viçosa, Eduardo S. G. Mizubuti, atua na área de fi topatologia - epidemiologia e manejo de requeima e pinta preta da batateira e tomateiro. O professor colaborou nesta edição da Batata Show expondo alguns resultados de suas pesquisas.

Quais foram os trabalhos desenvolvidos ou a desenvolver referente à produção de Batata?
Nos últimos anos temos trabalhado com vários aspectos relacionados ao desenvolvimento da requeima e da pinta preta. A requeima é causada pelo oomiceto Phytophthora infestans e a pinta preta pelo fungo Alternaria solani. Essas são as duas principais doenças foliares que afetam a batateira. O primeiro propósito do meu grupo de pesquisa foi conhecer as populações desses dois patógenos, pois somente após conhecer aspectos básicos da biologia desses organismos poderemos planejar ações mais efi cazes de controle. Em linhas gerais foram realizados estudos sobre:

• Estrutura genética das populações de P. infestans e de A. solani.

• Avaliação de desenvolvimento dos patógenos em diferentes condições ecológicas.

• Sensibilidade de isolados de ambos os patógenos a fungicidas normalmente usados no manejo das doenças.

• Desenvolvimento de epidemias de requeima e pinta preta e dos fatores que afetam esse processo: sobrevivência dos patógenos em condições de campo, quantifi cação de inóculo disponível para iniciar epidemias e a infl uência das variáveis climáticas na intensidade das doenças.

• Aplicação de sistemas de previsão para otimizar o controle químico.

• Alternativas para o manejo das doenças em sistemas de produção orgânicos, que não aceitam fungicidas químicos convencionais.

Quais os benefícios e resultados proporcionados ou que proporcionarão à produção de batata?
Acreditamos que a principal contribuição do nosso trabalho foi a geração de informações básicas referentes à requeima e à pinta preta nas condições brasileiras. Tal fato é importante pois sabe-se que a “importação” de “pacotes” desenvolvidos para regiões de clima temperado (Estados Unidos e Europa, principalmente) não condizem em muitos pontos com a realidade brasileira.

Quais sua sugestões de melhoria ou soluções para os problemas dentro da sua área de atuação?
É necessário maior integração entre os diferentes setores envolvidos para alcançar resultados mais rapidamente. Especificamente, a interação entre as universidades, empresas de pesquisa e o setor privado - sementes e agroquímicos - requer maior atividade. A promoção de um fórum ativo de discussões técnicas sobre assuntos relevantes aos problemas fi tossanitários da cultura da batata seria interessante.

Considerações
É necessário haver maior conscientização da importância da participação do setor produtivo em associações, como a ABBA, para que se possa criar demandas sistematizadas de trabalhos sobre os diferentes problemas fi tossanitários que afetam a cultura da batata. A exemplo do que ocorre em outros países, o setor produtivo, organizado em associação, participa efetivamente na defi nição de prioridades de pesquisa, seja infl uenciando dirigentes de órgãos públicos de fomento, seja alocando recursos próprios para essa fi nalidade.

Eduardo S. G. Mizubuti
mizubuti@ufv.br
Universidade Federal de Viçosa
Prof. Associado
Área de atuação: Fitopatologia - Epidemiologia e manejo de requeima e pinta preta da batateira e tomateiro.

 




Índice de matérias

» ABBA - 10 anos - Composição
» Novo estudo afasta risco de que batata frita cause câncer
» Sobre o emérito Engº Agrônomo Dr. Álvaro Santos Costa
» Manejo de requeima e pinta preta da batateira
» A esterilização de adultos é componente integrado da traça-da-batatinha
» Sarna prá coçar 1
» Pesquisa e difusão de tecnologia na cultura da batata
» Mutação em batata
» A Protect EPI
» Outros usos do álcool a partir da batata
» La produccion de papa en el Uruguay
» Descartes de Batata
» Fotos
» Supermercado Guarani
» O Óleo de Girassol Alto Oleico
» Adubação com organomineral Vitan na produção de batata
» Consumidor responde
» Prós e contras
» XIII Encontro Nacional da Batata
» Publicações técnicas ABBA
» XIII Encontro Nacional da Batata
» Seção Pôster no XIII Encontro Nacional da Batata
» Avaliação de alternativas na etapa de limpeza em beneficiamento de batata consumo
» Fatores críticos do processo produtivo da batata
» Avaliação de clones de batata tolerantes ao calor
» Curso - Produção de Batata no Brasil
» Receita: Pizza de batata


Enviar por e-mail Topo da página

ABBA | Associação Brasileira da Batata
Rua Virgilio de Resende 705 CEP 18201-030, Itapetininga - SP/Brasil | 15 3272.4988 | sitebatata@terra.com.br